Portal Agita Ih!
Corpo e Saúde Estilo de vida

Síndrome de Ménière pode levar à perda auditiva permanente

  • Doença rara não tem cura, mas pode ser tratada; Especialista explica sobre sintomas, fatores causadores e terapias de reabilitação.

A Síndrome de Ménière, chamada também de Hidropsia Endolinfática, é um distúrbio do ouvido interno, ocasionado por um aumento dos líquidos que preenchem os canais semicirculares, estruturas que pertencem ao labirinto membranoso, órgão responsável pelo equilíbrio do corpo.

As causas exatas dessa doença rara ainda não foram cientificamente comprovadas. Contudo, existe uma relação entre o problema e outras doenças crônicas, como o diabetes e a hipertensão. “Não existem estudos que comprovem as causas dessa condição, entretanto, há uma relação esse entre o problema e enxaquecas, diabetes, hipertensão, infecção pelos vírus da herpes e doenças autoimunes, como o Lúpus, por exemplo”, explica Dra. Vanessa Gardini, fonoaudióloga da Pró-Ouvir Aparelhos Auditivos, de Sorocaba (SP).

Os sintomas são diversos, podendo se restringir a um único ou envolver a combinação de vários. “Geralmente, os sintomas aparecem durante as crises. Os mais comuns são vertigem, zumbido, náuseas, sensação de ouvido tampado e perda auditiva, que pode ser temporária ou permanente”, fala a fonoaudióloga da Pró-Ouvir.

O diagnóstico da Síndrome de Ménière é feito por um especialista, com o auxílio de exames. “Como os sintomas são comuns aos de outros males menos complexos, pode ser facilmente confundida com um simples mal-estar, por exemplo. Por isto, é fundamental buscar a ajuda de um profissional especializado, para que possa ser diagnosticada com precisão. É realizado um levantamento do histórico do paciente, de quando as crises começaram e qual o tempo de duração. Após, são realizados exames audiológicos, a exemplo da audiometria”, detalha Dra. Vanessa.

Apesar de não ter cura e ser uma doença crônica, existem tratamentos disponíveis que podem amenizar os sintomas e trazer mais qualidade de vida para quem sofre desse mal. “É analisado cada caso e sugerido o tratamento adequado. Na maioria dos casos, são recomendados medicamentos e mudanças de hábitos de vida, privilegiando uma rotina mais saudável. Entretanto, a perda auditiva em si não responde a esse tipo de intervenção, sendo necessário também o uso de aparelhos auditivos, que vão ajudar na reabilitação da escuta e no combate ao zumbido que, geralmente, acompanha o quadro”, comenta a especialista.

Como a síndrome ainda não é totalmente compreendida, as informações em relação à prevenção igualmente são incompletas. Entretanto, sabe-se que é importante manter um controle rigoroso das condições de saúde do paciente, para que a doença não se agrave. “Hoje em dia, as pessoas têm uma rotina muito atribulada, com diversos compromissos e vivem ocupadas, mas é importante evitar o estresse excessivo, praticando atividades físicas regularmente, controlando a ansiedade e mantendo uma dieta saudável. Isso previne, não somente a Síndrome de Ménière, mas também diversas outras doenças”, finaliza a fonoaudióloga da Pró-Ouvir.

O modelo de aparelho auditivo mais indicado para cada caso e o preço variam muito, sendo determinados pelas necessidades individuais do paciente e pelas funções agregadas no dispositivo. Atualmente, existem linhas de crédito especiais para aquisição desses aparelhos pelo Banco do Brasil. “Também é possível utilizar os recursos do FGTS para adquirir os aparelhos auditivos”, diz Dra. Vanessa.

Mais informações podem ser obtidas pelo site: www.proouvir.com.br ou pelo telefone: (15) 3231-6776. A Pró-Ouvir Aparelhos Auditivos fica localizada na Rua Dr. Arthur Gomes, 552, no Centro, em Sorocaba (SP).

Related posts

5 aplicativos que vão te ajudar a aproveitar os feriados de 2020

Portal Agita Ih

Saiba como controlar a ansiedade no trabalho e seja feliz

Portal Agita Ih

Mutirão vai castrar gratuitamente cães e gatos da região do Quintais do Imperador

Portal Agita Ih

Deixe um comentário

2 × four =

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais