free web hit counter
Notícias

Projeto “Adolescência e Autonomia” do Grupo nÓs atende adolescentes acolhidos de instituições de Sorocaba e região

·         Programa busca voluntários para serem ótimas referências aos adolescentes dos abrigos, que estão em processo de transição para a vida adulta, fora das instituições. 

Como os serviços de acolhimento devem orientar e preparar os adolescentes para a vida independente? Você já pensou em acompanhar um jovem nessa transição? Pois bem, o processo sempre é complexo, porém, quando é possível contar com apoio, acontece de forma muito mais tranquila e bem-sucedida.

O Instituto Fazendo História (IFH), por meio do projeto “Adolescência e Autonomia”, conduzido pelo programa Grupo nÓs, mobiliza pessoas para que se aproximem dos adolescentes acolhidos com o propósito de construir novas histórias e, ainda, instruir e facilitar a saída desses jovens residentes nos abrigos, que ocorre ao completar a maioridade.

A partir do mês de outubro, o projeto será realizado com 34 adolescentes que moram em serviços de acolhimento de Sorocaba e região. Para tanto, precisa mobilizar o mesmo número de voluntários maiores de 25 anos, que estarão dispostos a serem ótimas referências aos atendidos. Interessados podem realizar a inscrição prévia, pelo link: bit.ly/355FFjG. O primeiro encontro da apresentação da proposta de voluntariado acontece nos próximos dias 23 e 26/10, em horários diversificados, no Parque dos Espanhóis, situado na Rua: Dr. Campos Salles, s/n, Vila Assis, Sorocaba/SP.

O Lar Casa Bela é uma das instituições envolvida no projeto e seus adolescentes acolhidos também participarão. “Sempre admiramos o trabalho do Instituto Fazendo História, porém, somente neste ano conseguimos efetivar o programa em nossa instituição. O Instituto, bem como a Lar, acompanha esse desafio e ajuda os adolescentes a planejarem seu futuro fora do abrigo, propondo diversos desafios, como experiências de trabalho, moradia, finanças, estudos e cidadania”, explica a assistente social do Lar Casa Bela, Larissa Morimatsu.

De acordo com a profissional, toda a equipe do Instituto, composta por especialistas da área do acolhimento, transmite conhecimento, formação e auxílio, sempre que necessário. “Como nosso trabalho acaba sendo complexo, precisamos desses parceiros para realizar um serviço qualificado, visando o desenvolvimento do adolescente”, ressalta.

A integrante do Grupo nÓs, Sulamita Jesus Assunção, destaca que o programa existe desde 2011 e já atendeu mais de cem jovens na faixa etária de 15 a 21 anos. “As pessoas interessadas em se envolver em um projeto social que transforma as histórias dos adolescentes e de todos que participam, estão mais que convidadas a comparecer ao nosso encontro de apresentação”, afirma.

Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas pelo telefone do Instituto Fazendo História (IFH): (11) 3021-9889 ou pelos e-mails: sulamita@fazendohistoria.org.br
cynthia@fazendohistoria.org.br.

MATÉRIAS RELACIONADAS

Secretaria da Cultura divulga entidades inscritas na CDC da Linc

agita2019

Sorocaba estará na 2ª fase de programa habitacional lançado nesta terça-feira e que vai atender idosos

agita2019

II Edição do Prêmio de Jornalismo Mobilidade em Foco ganha nova categoria

agita2019

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

%d blogueiros gostam disto: