Notícias

Programação no final de setembro marca Semana da Pessoa com Deficiência

Entre os próximos dias 23 e 29 de setembro, uma programação especial organizada pela Secretaria da Cidadania e Participação Popular (Secid) celebrará a Semana Municipal da Inclusão e de Luta da Pessoa com Deficiência. Uma caminhada de conscientização pelas ruas do Centro, “Multa Moral”, orientações sobre serviços públicos, ações de esporte, cultura e lazer estão entre as atividades previstas. A relação completa se encontra disponível no site cidadania.sorocaba.sp.gov.br.

A Coordenadoria da Pessoa com Deficiência da Secid elaborou a programação com apoio do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida (CMPcD), entidades sociais e instituições públicas e particulares. A secretária Suélei Gonçalves destaca a Semana como uma oportunidade de conscientizar a sociedade a respeito dos direitos de população com deficiência física, mental, auditiva e visual. “Apesar dos avanços, as pessoas com deficiência ainda sofrem por conta de preconceitos e falta de informação. Essa é uma oportunidade de propormos uma reflexão sobre inclusão social e cidadania”, acredita.

Uma caminhada de conscientização sobre a mobilidade abrirá oficialmente a Semana Municipal da Inclusão e de Luta da Pessoa com Deficiência no dia 23, uma segunda-feira, pela região central. Com concentração a partir das 8h, os participantes sairão da Praça Frei Baraúna às 9h, com destino à Praça Coronel Fernando Prestes.

Paralelamente, haverá a ação educativa “Direito à Vaga Preferencial: esta vaga não é sua nem por um minuto!”, das 7h30 às 10h, na Rua da Penha. Cinco vagas comuns de estacionamento serão ocupadas por cadeiras de rodas e será aplicada uma “Multa Moral a eventuais infrações, com o objetivo de chamar a atenção dos motoristas. No período da tarde, das 15h às 16h, a atividade se repetirá no estacionamento do Pátio Cianê Shopping.

Atividades diversificadas

No dia 23, a programação prevê a abertura de duas exposições fotográficas e uma de artes plásticas. A “Pintura em Tela Inclusiva” exibirá na Biblioteca Municipal, até o dia 27, trabalhos desenvolvidos por frequentadores do Centro de Convivência da Pessoa com Deficiência (CCPcD), na Vila Gabriel. Das 14h às 16h, haverá uma oficina de pintura no mesmo local. Já às 15h, serão abertas as mostras fotográficas “Olhar Sensível” e “SonShine”, no espaço Smart Mall Brasil Facens, localizado no Pátio Cianê Shopping, onde permanecerão até o dia 29.

Das 16h30 às 18h, o Clube do Idoso se transforma em “estúdio” para a transmissão do “Inclusão na Lata”, canal de vídeos do Youtube que discute deficiências de forma inteligente e divertida, falará a respeito da Semana Municipal da Inclusão e de Luta da Pessoa com Deficiência.

A agenda do dia 24 começa pelo workshop “Vivências”, no Salão de Vidro do Paço Municipal, das 10h30 às 13h, no qual o Instituto Magnus aborda a importância do cão-guia no processo de inclusão social dos deficientes visuais. No mesmo local, das 14h às 15h30, o Conselho Regional de Psicologia (CRP) abordará temas relativos às áreas de trabalho, saúde, educação, cultura, esporte e lazer. Também no período da tarde, das 14h às 17h, os alunos do CCPcD participam de oficina de contação de histórias na Biblioteca Municipal;

Duas palestras marcarão o dia 25: “Direitos do Consumidor PcD”, das 9h às 11h30, no auditório da Secretaria da Igualdade e Assistência Social, aberta à população em geral; e “SensibilizAção”, dirigida a servidores municipais, na Escola de Gestão Pública, das 11h às 13h.

No dia 26, o workshop “Capacitismo” tratará da discriminação, preconceito e violência contra a pessoa com deficiência e mobilidade reduzida, das 9h às 12h, no Centro de Referência em Assistência Social (Cras) do Parque Vitória Régia. Já a Universidade do Trabalhador, Empreendedor e Negócios (Uniten) sediará a Roda dos Direitos, em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a Defensoria Pública do Estado de São Paulo, 14h às 16h, e a mostra “Tecnologia Assertiva”, das 14h às 20h.

Previdência Social será o tema apresentado pelo setor de Educação Previdenciária do órgão em Sorocaba no dia 27, das 9h às 12h, no Clube do Idoso. No período da tarde, das 14h às 17h, quem comparecer ao Centro Esportivo da Vila Gabriel, poderá participar de jogos com modalidades paradesportivas, como o vôlei, atletismo, capoeira e brinquedos inclusivos, atividades que continuam na manhã seguinte, com o handebol para cadeira de rodas, das 10h às 12h.

A programação terminará no sábado e no domingo, com atrações artísticas, culturais e de lazer. No dia 28, o “Direito à Cultura” leva ao Clube do Idoso apresentações de coral, da Associação Pais Amigos Deficientes Auditivos de Sorocaba (Apadas); de dança, da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae); e da banda Supervisão, da escola de música BR Music School; e exposição de telas inclusivas, pintadas por frequentadores do CCCPcD e da Associação Educacional Pró-Ex.

No dia 29, o Parque “Amedeo Franciulli”, no Parque Vitória Régia, deve reunir crianças e adolescentes, acompanhados por seus pais e demais familiares no “Direito ao Lazer”. As atrações serão desenvolvidas pelo projeto Lazer, Inclusão e Acessibilidade (LIA), Costurando Memórias e Ampara.In.

Histórico

A escolha do 21 de setembro como o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência remete ao início da primavera, estação conhecida pelo aparecimento das flores, simbolizando o nascimento e renovação permanente da luta das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. Embora fosse lembrada em diferentes locais do Brasil desde 1982, a oficialização da data se deu pela Lei n.º11.133, de 14 de julho de 2005.

A Lei n.º 13.146, de 6 de julho de 2015, conhecida como Lei Brasileira da Inclusão da Pessoa com Deficiência (ou Estatuto da Pessoa com Deficiência), passou considerar crime praticar, induzir ou incitar discriminação de pessoa em razão de sua deficiência, assim como abandonar pessoas ou cometer violência de qualquer natureza. Em Sorocaba, a Lei n.º 11.849, de 20 de dezembro de 2018, instituiu o dia 21 de setembro como o Dia Municipal da Inclusão e de Luta da Pessoa com Deficiência.

A estrutura da Secid dispõe da Coordenadoria de Políticas Públicas da Pessoa com Deficiência, que tem por função coordenar, formular, promover e acompanhar ações e projetos relativos à população PcD. Ela atua de forma conjunta ao CMPcD, órgão oficial consultivo de participação da sociedade civil no processo de proposição, elaboração, execução e fiscalização de Políticas Públicas. Ambos estão sediados no CCPcD (Rua João Gabriel Mendes, 351, Vila Gabriel) e o telefone de contato é o (15) 3224-4636.

No dia 3 de dezembro de 2018, a Organização das Nações Unidas (ONU) anunciou um novo símbolo universal de acessibilidade, representado por um círculo, com figura humana universal com os braços abertos ao centro, que simboliza a inclusão e a harmonia entre os seres humanos em sociedade. Em 2019, a Secid incluiu este símbolo no logotipo do CMPcD, que conta inclusive com uma versão produzida por impressora 3D, voltada a pessoas com deficiência visual.

Fonte: SECOM

MATÉRIAS RELACIONADAS

Secretaria da Cultura recebe 83 projetos culturais inscritos na Linc

agita2019

Economia criativa traz Eduardo Kobra dos murais do mundo para Sorocaba

Agita ih

Encontro em Sorocaba apresenta rede pública de apoio a idosos e pessoas com deficiência

agita2019

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

%d blogueiros gostam disto: