Notícias

300 mudas de árvores serão doadas na Praça Coronel Fernando Prestes

Evento também contará com uma exposição educativa de prevenção às queimadas

Arborizar a cidade traz inúmeros benefícios ambientais e, consequentemente, qualidade de vida à população. Pensando nisso, a Secretaria do Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema) realizará na próxima segunda-feira (16), das 9h às 12h, a doação de 300 mudas de árvores frutíferas na Praça Coronel Fernando Prestes, no Centro de Sorocaba. Cada morador poderá levar uma muda para plantar no quintal de sua casa.

A atividade de Educação Ambiental integra a programação em comemoração ao Dia da Árvore (21 de setembro) e está ligada à conservação e promoção da arborização urbana visa estimular a prática ecológica através do plantio das árvores. Com isso, a população contribui com o meio ambiente da cidade, ajudando na ampliação da cobertura vegetal em harmonia com o Plano de Arborização Urbana de Sorocaba.

Serão doadas mudas de romã, pitanga, goiaba e araçá-roxo, produzidas no viveiro do Parque Natural “Chico Mendes”. Na praça, o público receberá informações sobre a espécie adquirida e da importância do cuidado no momento da escolha do local do plantio da árvore, bem como os procedimentos para fazê-lo de forma correta.

Além da beleza, as vantagens de se ter uma cidade arborizada são diversas, ainda mais numa cidade quente como Sorocaba. As árvores são responsáveis por regular a temperatura, servem de abrigo e produzem alimentos para diversos seres vivos, absorvem ruídos, reduzem a circulação do vento, controlam a erosão do solo, renovam o oxigênio do ar e filtram as partículas sólidas em suspensão provenientes de agentes poluidores.

O Dia da Árvore foi instituído pelo então presidente Castello Branco, através do decreto nº 55.795, sancionado em 24 de fevereiro de 1965. A data também faz parte do calendário oficial de eventos da cidade, alusivos ao meio ambiente, conforme a Lei nº 8.812, de 15 de julho de 2009.

Campanha educativa de prevenção às queimadas

Durante o evento, a equipe da Sema também levará a ação educativa da Campanha de Prevenção e Combate às Queimadas, com uma exposição de animais taxidermizados (empalhados) de espécies da região que sofrem com os incêndios, além de bate-papo e entrega de material informativo.

De acordo com a Secretaria do Meio Ambiente, o objetivo da ação é alertar os moradores sobre os riscos à saúde pública e ao meio ambiente ocasionados pelas queimadas e reduzir o número de ocorrências no município. As queimadas se agravam nesta época do ano, pois corresponde ao período de estiagem, o que contribui muito para o tempo ficar ainda mais seco e consequentemente mais fácil de ocorrer focos de incêndios.

As queimadas causam graves problemas de saúde pública, aumentando o número de adultos e crianças com problemas respiratórios crônicos, como a asma, devido à fumaça produzida e pela fuligem lançada na atmosfera, além de danos ao meio ambiente, dizimando a fauna e a flora típica do local.

Outro risco a saúde está na queima de lixo, especialmente materiais plásticos, lançando compostos tóxicos na atmosfera que podem provocar severas irritações às vias respiratórias, quando inalados. Além disso, a queima de qualquer material combustível produz o gás carbônico, principal responsável pelas alterações climáticas perceptíveis atualmente.

Ao presenciar uma queimada, o cidadão deve ligar para o telefone 193 (Corpo de Bombeiros). Já denúncias devem ser feitas pelo telefone 156 (Prefeitura de Sorocaba). A prática é criminosa e a multa pode chegar em até R$ 3.030,00, conforme a lei municipal nº 10.151, de 27 de junho de 2012.

As pessoas também podem contribuir não ateando fogo em mato, lixos e folhas; descartando corretamente lixo, entulhos de construção, restos de poda e folhas secas; não jogando bituca de cigarro nas vias públicas; e orientando parentes, amigos e vizinhos sobre os problemas da queimada. Além disso, é muito importante os terrenos sejam mantidos limpos pelos proprietários.

Fonte: SECOM

MATÉRIAS RELACIONADAS

Remuneração Estratégica é tema de curso no CIESP Sorocaba

agita2019

Faculdade ESAMC Sorocaba inaugura novo projeto gratuito de qualificação para exportação

agita2019

Prefeitura leva projeto ‘Educafeira’ aos moradores da Vila Amélia

agita2019

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

%d blogueiros gostam disto: