Música

Projota lança novo álbum: Tributo Aos Sonhadores I

Projeto é composto por oito singles inéditos e dois clipes, “Sei Lá” e “Celta Vermelho”
Ouça “Tributo Aos Sonhadores I” aqui: https://umusicbrazil.lnk.to/TributoAosSonhadoresI

Assista “Sei Lá” aqui: http://www.youtube.com/watch?v=_i03tjOsJ90

Assista “Celta Vermelho” aqui: http://www.youtube.com/watch?v=z5WKZ0vKhtM

Projota lança nesta sexta-feira (26) seu novo álbum. “Tributo Aos Sonhadores I” já está disponível em todas as plataformas digitais. Composto por oito singles inéditos, o trabalho é coeso e fala sobre a vida do rapper, da infância no subúrbio ao estrelato – sem nunca esquecer suas raízes. O projeto também é acompanhado de dois clipes, “Sei Lá” (part. Vitão) e “Celta Vermelho”, que já podem ser vistos no canal do YouTube do artista (http://youtube.com/projota)
“Eu não poderia estar mais feliz e emocionado com esse novo álbum. É a realização de mais um sonho. Todas as faixas foram escritas e produzidas por mim. É uma autobiografia e fiz questão de estar completamente envolvido em cada detalhe. Eu conto a minha história, momentos bons e ruins. Espero que vocês gostem, curtam, dancem e se emocionem comigo”, diz Projota, que aparece na capa com os olhos fechados e as mãos juntas em sinal de oração, simbolizando a gratidão.
FaixasPrimeira faixa do álbum, “Celta Vermelho” conta toda a vida de Projota. A letra relembra a história de seus pais, a infância e a sua primeira grande vitória: a compra de um celta vermelho, sem ar e sem direção, parcelado em 60 vezes. “O ano era 2010. Eu cantava nos eventos e, em seguida, descia do palco com os CDs na mão para vender para a galera. Meu DJ, o Zala, me emprestou 2 mil reais pra eu dar de entrada no carro e eu financiei o restante. Não tem o ‘Sonho Americano’? Nessa época eu conquistei o sonho brasileiro: um apê alugado e um celtinha financiado”, relembra o rapper.
O clipe, com direção de Gustavo Tissot, foi gravado em duas locações e também pelas ruas de São Paulo. Seu pai, sua avó e seu irmão participam do vídeo. “Essa ideia veio do Projota. Ele queria deixar registrada a importante participação da família em sua trajetória. Foi muito marcante. No meio de tanta gente, a avó, o pai e o irmão olhavam para o Projota e conectaram toda a história. Além deles, também estavam presentes os seus amigos, que fizeram parte de sua vida. É um clipe que homenageia pessoas, momentos e situações”, conta o diretor.
Sei Lá” tem a participação do cantor Vitão, destaque da nova geração do pop/urban. Em clima romântico, a música foi feita apenas com voz e violão. A letra traz a história um casal que está separado, que sente saudades e que conta com a sorte para se reencontrar. “Durante um tempo, várias pessoas diziam que não valia mais a pena você acreditar no amor e que o casamento é uma organização falida. E eu pensava ‘Sei lá, acho que um dia isso vai dar certo para mim’. Eu sou um sonhador. E agora eu tô aqui quase casado, né? A sorte veio (risos)’”, conta Projota.
O rapper conta como surgiu a parceria: “O Vitão é incrível. Ele trabalhava lá na Head Media quando eu produzi essa faixa e veio me mostrar uma versão violão, um outro arranjo que ele tinha feito. E olha aí no que deu”.
Gravado em um estúdio em São Paulo, o clipe tem direção de Mari Zdravca. “Tínhamos a proposta de fazer um clipe monocromático em estúdio. Escolhemos a cor azul, que achamos que combinava com cena da chuva. Esse momento, aliás, foi bem engraçado. Eles nunca haviam filmado com chuva e cantar enquanto caía a água e com o clima frio foi um baita esforço”, diz ela.
Perto do Céu” é uma homenagem a um grupo que marcou não só a vida de Projota, mas também boa de parte dos brasileiros: Charlie Brown Jr. A música fala sobre amor e lembra das canções da banda. “Um dia eu tava no Ibirapuera e um amigo me avisou que o Chorão estava andando de skate ali perto. Nós tínhamos planos de fazer uma música juntos, mas eu ainda não tinha o conhecido pessoalmente. Nesse dia nós nos encontramos e quando estávamos marcando de ir pro estúdio, aconteceu o que aconteceu. O Chorão é um dos principais sonhadores que eu conheci e ele tinha que ser homenageado no disco”, conta o rapper.
No maior estilo “Bonnie and Clyde” do século XXI, “Disco Voador” conta sobre um casal cúmplice em todas as situações, até mesmo no crime. “Eu gosto de fazer músicas com histórias, gosto de inventar narrativas. Em todos os meus discos sempre tem alguma. E essa faixa é assim. Ela fala sobre as vivências de rua e conta uma história em que o crime não compensa”, explica o cantor.
Fora da Lei” tem participação de Muzzike e Coruja BC1, amigos de Projota. A música tem o clima das rodas de rap, em que os três aprenderam a rimar. A composição expõe um pouco da realidade da periferia, que o cantor, nascido e criado no bairro de Lauzane Paulista, Zona Norte de São Paulo, conhece bem. O rapper explica mais sobre a faixa: “Eu gosto muito da vibe desse single. Me lembra a época em que o meu irmão tinha um Uno e que a gente dava rolê nas quebradas (risos). Eu tinha que montar um time bom para esse som. Então eu trouxe esses meus dois parceiros. Nos conhecemos há anos e eles são gênios”.
A faixa “DejaVu” tem participação de Luccas Carlos. Com a batida de rap, os dois artistas falam sobre amor, as trocas e as experiências de um casal. “O déjà vu vem quando você encontra aquela mulher que você está apaixonado e ela te passa pra trás, assim como você já fez muitas vezes. Convidei o meu amigo Luccas Carlos, que é um monstro. Admiro muito o trabalho dele”, explica.
Numa Esquina do Universo” também conta uma história. Essa faixa é sobre uma pessoa que não se sente parte do mundo ao seu redor. Projota conta mais: “São dois ETzinhos que caíram aqui nesse planeta doido. Eles não se conhecem, mas percebem que não têm nada a ver com essa realidade. Quando eles se encontram, tudo faz sentido. Eles entraram num foguete e vão viver em um lugar só deles, numa latitude e longitude que ninguém pode alcançar”.
Por último, a letra de “Mais uma Briga no Bar” trata das dificuldades da vida e sobre a sabedoria de não revidar. “Essa é a minha preferida de muitos anos. Essa música fala de depressão, de crises sociais, dessa fase que a nossa sociedade está passando. Quando eu falo ‘Mais uma briga no bar’ resume muita coisa: a minha cabeça, a minha quebrada, o meu país”, finaliza Projota.

Curiosidades- O clipe de “Sei Lá” levou cerca de 10 horas para ser gravado e teve cerca de 50 pessoas envolvidas na produção. Já “Celta Vermelho” levou mais de 12hTodo o processo de criação, produção e gravação de “Celta Vermelho” aconteceu em menos de três diasUm dos melhores pilotos de drift foi contratado para as cenas em que a BMW dá voltas ao redor de Projota no clipe. Tudo foi pensado para que a gravação ocorresse com toda a segurança

Setlist1- Celta vermelho2- Perto do céu3- Sei lá – part. Vitão4- Disco voador5- Fora da lei6- Dejavu – part. Luccas Carlos7- Numa esquina do universo 8- Mais uma briga no bar
Ficha TécnicaCelta Vermelho(Projota/ InsaneTracks)Direção Musical: Projota (Estúdio 3Fs) e InsaneTracks (Insanity Records)Direção Artística: Haroldo TzirulnikDireção Executiva: Lilian TeixeiraProdutora: Polvo ContentDireção e Produção de Vídeo: Gustavo Tissot
Universal Music:Direção A&R: Miguel CarielloGerente A&R: Miguel Afonso Coordenação A&R: Igor Alarcon, Fernanda Mesa, Patricia Aidas, Alice Baldan e Camilla LinsGerente de Marketing: Eduardo Felix Label Manager: Leonardo Nunes
Sei Lá(Projota/ Vitão)Direção Musical: Projota (Estúdio 3Fs) e Marcelinho Ferraz (Head Media)Direção Artística: Haroldo TzirulnikDireção Executiva: Lilian TeixeiraProdutora: Nuvem FilmesDireção e Produção de Vídeo: Mariana ZdravcaProdução Executiva: Mariana Pisani Direção de Produção: Júlia Dimitrow Assistentes de Produção: Maria Eça e Renata Palladini Direção de Fotografia: Pedro DimitrowAssistente de Vídeo: Valéria Lira Barboza Assistentes de Fotografia: Adrian Ikematsu e Thaisa NogueiraEfeito chuva: Martão Montagem: Pat Junqueira Finalização: Marco Prado Correção de cor: Psycho n’ LookLocação: Estúdio Pedro Dimitrow
Universal Music:Direção A&R: Miguel CarielloGerente A&R: Miguel Afonso Coordenação A&R: Igor Alarcon, Fernanda Mesa, Patricia Aidas, Alice Baldan e Camilla LinsGerente de Marketing: Eduardo Felix Label Manager: Leonardo Nunes

Fonte: Mattoni Musica

MATÉRIAS RELACIONADAS

Cesar Rezer lança clipe ‘Zoio de Lula’, música do seu novo EP Nostalgia

Agita ih

Kleo Dibah lança “Para Continua” com Felipe Araújo

agita2019

Lucas Silveira, da banda Fresno, abre o jogo em participação na série Gugacast Letra & Música

agita2019

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

%d blogueiros gostam disto: