Música

Novo álbum de Roberta Sá, reúne inéditas de Gilberto Gil

O projeto traz parcerias de Gil com Roberta Sá, Jorge Ben Jor, Yuri Queiroga, Alberto Continentino e Bem Gil

Tudo começou nos encontros promovidos pelo saudoso jornalista Jorge Bastos Moreno. Nos almoços de domingo, na casa de Moreno, Roberta Sá e Gilberto Gil se aproximaram, no final de 2016. Foi nesse ambiente inspirador de bate-papos e música que Roberta teve a ideia de gravar um álbum só com canções do compositor baiano.

Pouco depois, Gil compôs a inédita “Giro”, já pensando no disco de Roberta.  O segundo presente, escrito por Gil em parceria com Jorge Bastos Moreno, foi “Afogamento”, cuja gravação em dueto com o autor foi lançada ano passado como single e no álbum “Ok Ok”, de Gil. A partir dessas canções desenhou-se o álbum de inéditas de Gilberto Gil e parceiros, batizado com o nome da canção Giro, que chega agora às lojas nos formatos físico e digital (Rosa Produções/Deck) e ganha a estrada a partir de 10 maio, em Salvador, na nova turnê (datas completas no site oficial).

A produção musical é de Bem Gil, que participou como músico e arregimentou a banda que acompanha Roberta nas 11 faixas do álbum. “O papel do Bem foi fundamental, foi ele quem sugeriu fazer um disco só de inéditas e provocou a minha primeira parceria com Gil. Mandei por whatsapp letra e melodia minhas e ele entregou para o Gil completar. Essa parceria chama-se ‘Cantando as Horas’, pontua Roberta Sá.

Para o novo repertório Gil, que participa como músico convidado em todas as faixas, compôs sozinho as canções “A vida de um casal”, “O lenço e o lençol” e “Autorretratinho”. Duas inéditas são parcerias com Roberta Sá e Bem Gil, uma com Roberta e Yuri Queiroga e outra com o filho Bem e o baixista Alberto Continentino. A pedido de Roberta, Gil retomou a parceria com Jorge Ben Jor depois de 45 anos e juntos, os dois assinam “Ela diz que me ama”, primeiro single do álbum, lançado no final de março, com direito a vídeo clipe reunindo Roberta, Ben Jor e Gil, sob direção de Andrucha Waddington.

“O processo foi muito afetuoso, a gente não teve pressa alguma.  Gil é uma pessoa muito generosa e, acima de tudo, um músico apaixonado por quem pensa e faz música. Esse álbum é, sem dúvida alguma, a maior alegria da minha carreira, nesses 15 anos”, finaliza Roberta Sá. Gilberto Gil retribui: “Aprendi a gostar da Roberta, primeiro como intérprete, depois como gente amiga e agora a tenho como parceira na fase já mais tardia do meu trabalho de mais de cinquenta anos. E eu tenho a graça de tê-la por perto fazendo o que a gente mais ama, a nossa música”.

>> Ouça o álbum:

https://robertasa.lnk.to/GiroAlbum

>> Assista o clipe “Ela diz que me ama”: 

Fonte: Batucada Comunicação

MATÉRIAS RELACIONADAS

Arraiá D’Arena já está no segundo lote de vendas

agita2019

Maiara & Maraisa lançam “Nem Tchum” nas rádios

agita2019

Lary e Gustavo Mioto vão lançar música juntos

agita2019

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

%d blogueiros gostam disto: