free web hit counter
Empregos Mercado de Trabalho

Parque Tecnológico inaugura Fab Lab

Somente 500 cidades ao redor do mundo possuem espaços dessa natureza
O Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS) inaugurou na manhã desta quarta-feira (21), as instalações do Fab Lab, o mais novo laboratório de uso público implantado no espaço, que oferece recursos para a realização de projetos voltados à área de soluções digitais e da engenharia robótica. O laboratório do PTS é o terceiro na cidade de Sorocaba – os outros dois estão na Faculdade de Engenharia (Facens) e no Sesi/SP – e foi construído em parceria com o Serviço Social da Indústria (Sesi). Hoje, apenas 500 cidades ao redor do mundo, possuem um laboratório dessa natureza.
Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Renda, Robson Coivo, “esse laboratório vai se somar aos já existentes e evidenciar, ainda mais, o trabalho de Sorocaba no setor da tecnologia”, disse, ressaltando que o PTS tem um papel fundamental para o desenvolvimento de novos projetos.
Já o presidente do Parque Tecnológico, Roberto Freitas, reiterou que o Fab Lab é um projeto muito importante para o PTS, já que agrega condições para permitir o desenvolvimento de vários projetos tecnológicos. Roberto Freitas disse que o Fab Lab será voltado para a prototipagem de startups, pequenas empresas e também para a comunidade em geral. A ideia é oferecer os mais variados cursos de inovação e de tecnologia, como montagem de drones, operação de impressora 3D e arduíno (plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre e de placa única).
O diretor do Sesi, Júlio Martins, aproveitou a oportunidade para revelar o quanto tem sido importante o novo espaço. O mesmo foi compartilhado pelo Reitor da Facens, Carlos Carvalho. Alunos das escolas Matheus Mailaski e Sesi também puderam compartilhar o novo espaço que será disponibilizado pelo PTS.
Em julho do ano passado, Sorocaba foi eleita uma das três cidades do Brasil a fazer parte do projeto Fab City pelo Instituto de Arquitetura Avançada da Catalunha, pelo Centro MIT para Bits e Átomos e pela Fundação Fab, instituições internacionais que formam o Grupo Fab City. Além de Sorocaba, fazem parte deste seleto grupo Curitiba e Belo Horizonte.
A finalidade de uma Fab City é desenvolver cidades totalmente produtivas e globalmente conectadas, com habitantes que partilham conhecimentos para resolver os problemas no próprio bairro. Na prática, isso significa que Sorocaba estará interligada com os principais municípios com alto índice de desenvolvimento, criando uma rede inovadora e autossuficiente em ciência e tecnologia.
O Fab City é um projeto global lançado em 2011, de formato descentralizado e aberto com ações propostas para que as cidades se tornem autossuficientes até 2054, ano que Sorocaba irá comemorar seu quarto centenário. “Barcelona (Espanha), Boston e Detroit (Estados Unidos), Cambridge (Inglaterra), Amsterdam (Holanda), Paris (França) e Santiago (Chile) já são Fab Cities”, acrescenta o presidente do PTS.
Estiveram presentes os secretários da Secretaria de Combate as Drogas, Urban Filho, da Cidadania e Participação Popular, Suelei Gonçalves, da Habitação e Regularização Fundiária, Fábio Camargo, da Cultura, Gilberg Antunes, a Ouvidora Geral do Município, Simone Bassalobre, além de representantes do vereador Pastor Apollo, da Corregedoria Geral do Município, do Sebrae e do Senai.

Fonte: SECOm

MATÉRIAS RELACIONADAS

Marketing Digital cresce em Sorocaba e região, mas empresas carecem de profissionais, mostra pesquisa

agita2019

Parceria Social de Empregos

agita2019

Sorocaba é a primeira cidade no estado a receber uma edição do Empreenda Sorocaba

agita2019

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

%d blogueiros gostam disto: