Empreendedorismo Mercado de Trabalho

Cresce o interesse por investimentos e a busca por profissionais da área

·        Saiba a diferença entre consultor financeiro e agente autônomo de investimentos.

O brasileiro está cada vez mais participativo no mercado financeiro, apontam os números. No último ano, a quantidade de investidores na Bolsa de Valores cresceu mais de 19% totalizando mais de 1 milhão de investidores atualmente, além disso, já são mais de três milhões de aplicadores em produtos de Renda Fixa, preferindo estes investimentos à Poupança segundo uma pesquisa divulgada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Junto com o crescimento do interesse das pessoas pelo segmento, duas carreiras ligadas ao setor estão em alta: a de consultor financeiro e a de agente autônomo de investimentos. A questão é saber a diferença entre elas, algo que tem causado dúvidas entre os investidores.    

Para regulamentar as duas atuações, recentemente, a CVM (Comissão de Valores Imobiliários) publicou a Instrução nº 593 que disciplina as atividades do consultor financeiro, diferenciando estas das funções do agente. O objetivo é evitar o conflito de interesses e a indução do investidor ao erro.

A questão é simples: enquanto a fonte de recursos do consultor financeiro vem diretamente do cliente para o qual presta serviços, os rendimentos do agente autônomo estão atrelados às comissões ganhas sobre os produtos que a instituição representada por ele distribui. No caso, por regulamentação, um agente autônomo é um representante de uma instituição financeira (banco) ou corretora de valores, que possui autorização para negociar seus produtos. “Mas, para isso, ele precisa obter o registro na CVM, após aprovação em exame técnico organizado pela Ancord (Associação Nacional das Corretoras e Distribuidores de Títulos e Valores Mobiliários Câmbio e Mercadorias). O objetivo dessa certificação é garantir a qualidade técnica dos profissionais no mercado, o que inclui ética e conhecimento, afinal, estamos falando de dinheiro de terceiros”, explica Pablo Piñuelo, sócio da Cordier Investimentos, escritório de agentes autônomos que atua com a distribuição de produtos exclusivos do BTG Pactual nas regiões de Sorocaba (SP), São Paulo e Curitiba (PR).  

A atividade de mediação de valores mobiliários pode começar a ser exercida, apenas depois de se obter a certificação e, segundo a regra, o agente não pode ser remunerado pelo cliente, mas sim pela instituição que representa. Seu trabalho é prospectar clientes e explicar, de forma simples e esclarecedora, o funcionamento do mercado e dos produtos financeiros. “Esse cuidado é fundamental para que o cliente tenha a liberdade de indicar o produto mais adequado ao seu perfil. Nós, da Cordier Investimentos, temos profissionais com capacidade técnica e alta qualidade no atendimento para entender a situação de cada cliente e, por meio da plataforma BTG Pactual digital, apresentar as melhores oportunidades disponíveis”, completa Pablo.

Já, o consultor financeiro é alguém contratado diretamente pelo cliente, sendo ele pessoa física ou jurídica, para auxiliá-lo na escolha dos investimentos. Seu trabalho não tem ligação com instituições financeiras.  É um profissional liberal ou empresa que prestam serviços de forma independente.

Ética e conhecimento técnico

De qualquer forma, ambas as atribuições exigem ética e muito conhecimento técnico. Por isso, antes de contratar esses serviços, é aconselhável seguir algumas recomendações. No caso do consultor financeiro, o ideal é fazer ampla pesquisa no mercado. Por sua vez, em relação ao agente autônomo de investimentos, o investidor deve sempre checar com a instituição financeira se o profissional está cadastrado e tem autorização para exercer a função. Além disso, é importante escolher uma empresa que atenda seu perfil e que seja de extrema confiança, nesse momento, recomendação de familiares e conhecidos é muito bem-vinda. No site da CVM, também é possível conferir se o profissional está na lista dos agentes autônomos: www.cvm.gov.br.

Sobre a Cordier Investimentos

A Cordier Investimentos oferece a experiência de investir com excelência nos produtos do BTG Pactual, o maior banco de investimentos da América Latina. Com o diferencial da assessoria para o cliente Privatee grandes fortunas, a Cordier, em 2018, atingiu o patamar de mais de mil clientes atendidos, dentro e fora do país, que representam R$ 600 milhões em ativos, com sede em Sorocaba (SP) e filiais em São Paulo e Curitiba (PR). Mais informações podem ser obtidas em: www.cordierinvestimentos.com.br.

Fonte: QNotícia

MATÉRIAS RELACIONADAS

Today lista 12 profissões que serão importantes no futuro próximo

agita2019

Parceria Social de Empregos

agita2019

Parceria Social de Empregos

agita2019

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

%d blogueiros gostam disto: