free web hit counter
Comportamento Estilo de Vida

Senso crítico e pesquisa são ferramentas contra fake news

Criar o hábito de checar a veracidade das informações recebidas antes de
compartilhá-las diminui disseminação de boatos

Nunca foi tão fácil espalhar mentiras. Com um simples toque na tela do
celular, textos, imagens e vídeos maliciosamente manipulados são livremente
divulgados nas redes sociais e, em questão de minutos, milhares de pessoas
recebem o conteúdo em seus aparelhos. E muitos, às vezes, sem desconfiar
da procedência enganosa, colaboram para a disseminação da informação
falsa, a famosa fake news. Ao compartilhar, transformam o conteúdo enganoso
em uma bola de neve de proporções e consequências imprevisíveis.
“Um dos principais desafios, hoje, é conseguir identificar a veracidade
das informações que se espalham rapidamente nas mídias sociais. Essa
dificuldade ocorre até mesmo em sociedades com altos índices de
escolaridade”, afirma Roberto Oliveira Rocha, docente de redes e infraestrutura
do Senac Sorocaba. Segundo ele, isso ocorre porque a maioria das pessoas
desconhece as medidas necessárias para não cair na armadilha das fake
news.
Uma ferramenta bastante eficaz, segundo o docente, é estimular o
senso crítico nas pessoas e criar nelas o hábito de pesquisar de forma mais
ampla o conteúdo recebido. “A dica é compartilhar somente quando tiver
certeza de que a notícia é verdadeira”, reforça Roberto. A preocupação com
essa prática tem motivado iniciativas com o propósito de monitorar e checar
conteúdos duvidosos e esclarecer o que é falso ou verdadeiro em mensagens
disseminadas por aplicativos.
Medidas simples
Para o docente do Senac Sorocaba, algumas medidas simples podem
ajudar a identificar notícias falsas. “Não se contentar em ler apenas o título da
matéria é uma delas. Muitas vezes, o título é enganoso e não condiz com o
conteúdo da matéria. Verifique se a notícia possui autor; vá até a página de
internet de onde se origina a notícia e veja se há ‘distorções’ nas informações.
Fique atento aos erros ortográficos, este é um dos principais indicativos de
textos adulterados”.
Outra dica importante é não se informar apenas pelas redes sociais.
Consulte e acompanhe, sempre que puder, fontes de notícias conhecidas e
confiáveis. “E, por fim, muito cuidado com textos que geralmente contêm
termos, palavras ou frases que despertam emoções, que mexem com suas

crenças pessoais, como fotos, vídeos e textos comoventes. Este é um
indicativo sério de oportunismo e sensacionalismo social”, finaliza Roberto.

Serviço:

Senac Sorocaba
Endereço: Avenida Coronel Nogueira Padilha, 2392 – Vila Hortência –
Sorocaba/SP
Informações: www.sp.senac.br/sorocaba

Fonte: Lettera

MATÉRIAS RELACIONADAS

7 tendências outono/inverno 2019

agita2019

Evento gratuito de games e tecnologia no Iguatemi Esplanada encerra no dia 27/07

agita2019

Iguatemi Esplanada sedia evento de games e tecnologia

agita2019

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

%d blogueiros gostam disto: