Casa e Decoração Estilo de Vida

Profissional apresenta dicas de como reformar a casa

Está na hora de reformar a casa?

Antes de iniciar o quebra quebra, arquiteta Elaine Faustino apresenta três dicas para evitar dores de cabeça

Experiente na execução de reformas das mais variadas características, a profissional levanta uma série de fatores que devem ser considerados 

Arquiteta Elaine Faustino | Foto Fabricio Damico

Na correria diária, pequenos problemas começam a aparecer dentro de casa.  Um vazamento aqui, uma parede que começa a descascar ou mesmo aquela vontade de mudar e ver o espaço diferente daquele que a visão já está acostumada. É nesse interim que vem à tona a famosa frase conclusiva: “Tenho que reformar a casa!”. A sequência do roteiro vem acompanhada por uma também conhecida indagação: “Por onde começar?” Afinal, são inúmeros os pontos que devem ser levados em conta antes de ter a residência 100% com aquilo que é esperado.

Com mais de 20 anos de experiência em arquitetura e decoração de interiores, a arquiteta Elaine Faustino, com escritório em São Paulo, destaca que parte de seu trabalho é quebrar o estigma que obra é sinônimo de dor de cabeça. Com um roteiro certo em mãos, ela garante que é possível atravessar por esse processo sem os conhecidos momentos de estresse. Acompanhe:

– Hora da observação

Antes de mais nada, a arquitetura sugere praticar uma atenção mais apurada aos detalhes da casa e sobre questões que acontecem ou não no dia a dia. Por isso, Elaine aconselha observar os dias de sol e chuva, quando é possível visualizar as infiltrações nas paredes, teto (forro ou laje) e também no telhado, no caso de residências. Depois de tudo listado, é hora de determinar as prioridades. “Nem sempre o orçamento garante a possibilidade de executar tudo. Dessa forma, indico avaliar o que é prioridade ou anseios de mudanças”, destaca a arquiteta.

– Imóvel próprio ou imóvel alugado?

Essa resposta condiciona parâmetros para a reforma. No caso de um imóvel próprio, o morador pode e deve concentrar-se em uma reforma mais criteriosa, visitando, inclusive as condições de hidráulica e elétrica, bem como avaliar as condições de teto, parede e revestimentos. “Quando essas questões não são vistas, corre-se o risco, por exemplo, de contar com infestação de cupins em itens amadeirados, como estruturas de telhados. Assim, sempre indico uma avaliação minuciosa para a manutenção da edificação”, destaca Elaine.

Quando o imóvel é alugado, a recomendação é sempre registrar tudo antes de assinar o contrato, já que é necessário solicitar ao proprietário que sejam feitas as reformas. “Neste caso, o custo da obra deve correr por conta do proprietário, já que as benfeitorias valorizam o imóvel”, explica.

– Planejamento é o segredo!

Para a obra, planejar é o verbo! “Sempre vale investir em um bom projeto que atenda às necessidades de toda a família. Em seguida, deve-se fazer um planejamento criterioso da obra com tudo organizado em uma planilha de prazos e custos,” indica a profissional.

Caso o cliente tenha a necessidade de “morar” na obra ou mesmo hospedar-se em um hotel, seguir o cronograma é fundamental para que o período não se prolongue além do necessário.

Contratar um profissional para executar o projeto é bastante valioso, haja vista caberá a ele as tarefas de medição, especificação de materiais, orçamentos e o acompanhamento que garantirá uma obra com as etapas seguidas ao pé da letra. “Um cronograma bem-feito minimiza dores de cabeça e exige muita técnica, conhecimento e dedicação do profissional de arquitetura”. Elaine ressalta que o cliente atendido por seu escritório recebe a prestação de conta semanal referente a tudo o que foi feito, inclusive do desembolso financeiro. “Enviamos as fotos e o cliente, se quiser, nem precisa visitar a obra in loco”, conta.

E é de extrema importância se preparar financeiramente. “Trabalhamos em um orçamento que visa garantir o valor a ser investido pelo cliente. No entanto, no caso de imóveis muito antigos, por exemplo, sempre deixamos claro que pode haver custos imprevistos durante o andamento da obra”, finaliza Elaine.

Sobre Elaine Faustino

Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás) e com especialização em Arquitetura de Interiores pela Faculdade Politécnica de Milão, Itália, Elaine conta com mais de 20 anos de experiência em projetos de arquitetura e decoração de interiores.

Em sua trajetória, também foi colaboradora no escritório de arquitetura da Universitätsbauamt Stuttgart und Hohenheim em Estugarda, na Alemanha, além de professora na disciplina de Design de Interiores, na Escola Panamericana de Artes.

Contato:

Fone: 11 3032-9848

Travessa Alberto Campos, 40 – Pinheiros

São Paulo – SP

Fonte:

dc33 Comunicação

MATÉRIAS RELACIONADAS

Kendall Jenner x Sleek | adidas Originals

agita2019

TVZ apresenta Reflexos: uma nova perspectiva sobre nós mesmas

agita2019

Policlínica realiza mutirão de vasectomia neste sábado

agita2019

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

%d blogueiros gostam disto: