Comportamento Estilo de Vida

Prefeitura realiza palestra sobre suicídio em alusão à Campanha Setembro Amarelo

Aderindo à Campanha Nacional Setembro Amarelo – mês de fortes debates e prevenção ao suicídio, depressão e transtornos associados, a Prefeitura de Sorocaba, através da Secretaria da Saúde (SES), realiza no dia 12 de setembro, às 19h30, a palestra ‘Comportamento suicida e automutilação na adolescência’. O evento é gratuito e acontecerá no salão de vidro do Paço Municipal, situado na Avenida Eng. Reinaldo Mendes, 3.041 – Alto da Boa Vista. As inscrições são limitadas e podem ser feitas até o dia 10 setembro pelo link bit.ly/2jTa8P2 .

A palestra será ministrada pela médica psiquiatra Lívea Athayde de Morais Ciantelli. Graduada em medicina pela Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/Sorocaba-SP) e mestranda em Educação nas profissões de saúde – PUC-SP, Lívea fez residência médica em Psiquiatria pelo Serviço de Saúde Cândido Ferreira (SSCF) em Campinas e em Psiquiatria da Infância e Adolescência pela UNICAMP. Atualmente é docente da Faculdade de Medicina da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e na residência médica em psiquiatria do SSCF. Além de atuar como psiquiatra no CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) Infantojuvenil ‘Aquarela’.

Antes da palestra, por volta das 19h, haverá uma apresentação sobre os dados do primeiro semestre de 2019 do VIVA (vítimas de violências autoprovocadas), ou seja pessoas que realizaram alguma tentativa de suicídio. No ano de 2019, Sorocaba registrou até o momento 20 casos de suicídios, sendo 16 homens e quatro mulheres. A faixa etária com maior número mortes foi a de 30 a 39 anos, totalizando sete casos.

Em Sorocaba, o atendimento para a prevenção do suicídio pode ser feito em um dos oito CAPSs que possuem a missão de oferecer assistência às pessoas que apresentam transtornos mentais, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). “O nosso atendimento na Rede de Atenção Psicossocial assiste diferentes graus de complexidade e promove amparo integral, principalmente às pessoas que apresentam comportamento suicida”, explica a coordenadora de Saúde Mental de Sorocaba, Eline Vitor.

Além disso, os CAPSs oferecem acolhimento noturno, atenção aos usuários em crise, visitas domiciliares e acompanhamento no território, entre outros serviços. Os pacientes podem procurar os serviços de saúde mental através das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e CAPSs.

Programação CAPSs

O CAPS III – Viver em Liberdade, situado na Rua Bayard Nóbrega de Almeida, 49 – Jardim Prestes de Barros, realizará entre os dias 16 e 20 de setembro, eventos como dia da beleza, artesanato, atividades físicas e baile. Já na unidade situada na Rua Finlândia, 46 – Jardim Europa, ‘Alegria de Viver’, haverá palestra, caminhada e panfletagem sobre o tema suicídio no dia 25 de setembro.

No CAPS AD III (Álcool e Drogas) ‘Saca Só’ ficarão expostos cartazes motivacionais e haverá uma capacitação sobre o Setembro Amarelo na Escola Estadual Maria Ondina de Andrade nesta terça-feira (3). Durante o mês terá rodas de conversa no grupo alternativas sobre o tema suicídio. A unidade fica localizada Rua Riusaku Kanizawa, 795 – Lopes de Oliveira.

Fonte: SECOM

MATÉRIAS RELACIONADAS

Nomes de gêmeos: 60 ideias geniais para você se inspirar!

agita2019

Organização Mundial da Saúde elege os cuidados com a audição como prioridade para este século

agita2019

10 vitaminas ajudam unhas e cabelos

Agita ih

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

%d blogueiros gostam disto: