Estilo de Vida Turismo

Cachoeiras, grutas e natureza exuberante são destaques no Parque Nacional da Serra da Canastra

O parque Nacional da Serra da Canastra abriga a maravilhosa nascente do Rio São Francisco e sua cachoeira majestosa, a Casca D’Anta. Por lá, outra cachoeira que merece destaque á a do Cerradão.

Criado em 1972, o parque tem 200 mil hectares de área protegida, que abriga além da nascente do Rio São Francisco, outros monumentos da história da região e grande biodiversidade de flora e fauna do Cerrado brasileiro.

Distante 325 km de Belo Horizonte, aos pés da imponente Serra da Canastra, está São Roque de Minas, cidadezinha pacata de onde saem às estradas para os quatro acessos ao Parque Nacional da Serra da Canastra, atração mais importante da região.

Depois de 8 km de estrada de chão, em uma subida digna de 4×4, chega-se a Portaria 1 do Parque. A entrada dá acesso a 40 km de belas paisagens, com campos de delicadas flores do Cerrado típico brasileiro, onde vivem protegidas espécies como tamanduá-bandeira, lobo-guará e tatu-canastra, ameaçados de extinção.

NASCENTE DO RIO SÃO FRANCISCO A JOIA RARA DO PASSEIO

O Rio São Francisco é um dos principais do Brasil, atravessando cinco Estados com condições naturais muito diversas, além de fornecer energia pelas cinco usinas hidrelétricas. A sua nascente histórica fica dentro do Parque Nacional Serra da Canastra, a 1.200m de altitude, visita indispensável para quem está na região.

Quando se trata de um rio com as dimensões do Velho Chico, definir sua nascente não é tarefa simples. Há tempos se considerava a legítima nascente a localizada na Canastra, mas após estudos, identificou-se que a nascente real e geográfica está localizada no município de Medeiros, também em Minas Gerais, a quase 60 km de São Roque. Assim, considera-se a do Parque a nascente histórica.

Localizada a 6 km da Portaria 1 do Parque Nacional, após uma subida que recomenda-se fazer com veículo 4×4, chega-se a uma placa indicativa na estrada. Dali, há uma trilha curtinha demarcada que leva até uma pedra indicando o lugar de nascimento do Velho Chico, águas que ainda terão quase 3 mil km até o mar. A mesma trilha de pedras até a nascente leva a uma estátua em homenagem a São Francisco.

A MAJESTOSA CACHOEIRA CASCA D´ANTA

A Cachoeira Casca D’Anta é a primeira queda do Rio São Francisco, com 186 metros. Pela sua beleza e imponência, destacada no paredão de pedras, é a principal atração da região e pode ser vista de baixo ou pela parte de cima, ambos cenários dignos de cartão-postal.

A parte alta é acessada 20 km depois da Portaria 1 do Parque Nacional. A estrada de chão está em estado bem precário, por isso é aconselhável ir de veículos tracionados. Um cânion é formado pelo rio São Francisco para descer a serra, com uma sequencia de cascatas e piscinas naturais, algumas acessíveis para banho. Um mirante com desnível de superior a 300m apresenta a bela vista panorâmica da região, onde é possível ver parte da queda principal da Casca D’Anta e o imenso poço formado abaixo.

Outro ângulo para admirar a Cachoeira é pela parte baixa. Saindo de Vargem Bonita, são mais 22 km de boa estrada de chão até a Portaria 4 do Parque. No local há um receptivo com estacionamento. Após a entrada, é necessário caminhar cerca de 15 minutos por meio da mata ciliar até um mirante. Para maior aproximação, cuidar com as pedras escorregadias pela constante umidade da cachoeira. Após contemplar a queda, é convidativo um banho refrescante nas suas águas cristalinas.

RESERVA NATURAL DA CACHOEIRA DO CERRADÃO

A Cachoeira do Cerradão é uma das mais altas da Serra da Canastra, com 3 lances totalizando 202 m de queda. A propriedade privada onde ela se localiza tem 60 hectares e foi transformada em Reserva Particular do Patrimônio Natural pelo IBAMA em agosto de 2001, segunda atração mais visitada da região.

CACHOEIRA DO CAPÃO FORRO E CACHOEIRA DA MATA

A Cachoeira do Capão Forro é uma das mais procuradas na Canastra, devido a sua proximidade de São Roque de Minas (apenas 4,5 km) e facilidade de acesso (via estrada à portaria 1 do Parque Nacional, que está em boas condições e com sinalização adequada), ideal para quem tem pouco tempo disponível na região.

GRUTA DO TESOURO

A Gruta do Tesouro está localizada em uma fazenda a 16 km de São Roque de Minas, próximo ao distrito de Sobradinho, possui nos salões bonitos espeleotemas, um rio subterrâneo e uma pequena cachoeira interna.

A visitação à gruta demora cerca de 2 h e é monitorada pela família proprietária da área.

Onde ficar

Uma boa opção para a sua hospedagem em São Roque de Minas é a Pousada Chapadão da Canastra. Considerado o mais completo empreendimento hoteleiro da região, oferece estrutura completa de serviços; apartamentos com frigobar, ar condicionado, televisão, restaurante onde é servido um delicioso café com iguarias da região. Ainda há novíssima área de lazer com piscinas adulto e infantil, sauna, toboágua e hidromassagem.

Além disso, o Chapadão oferece todo o apoio logístico em carros 4×4 para os passeios pela região.

Mais informações: www.chapadaodacanastra.com.br

Onde comer

SHOW DE CORES E SABORES NO VELHO CHICO

O Restaurante Velho Chico foi inaugurado em Julho de 2017. É comandado pelo casal de empresários Ricardo Aziz e sua esposa Elaine Silva. P Aziz, uma esteticista famosa que trocou sua profissão para empreender com a gastronomia. Ele deixou Belo Horizonte para se dedicar a gastronomia e viu em São Roque de Minas a qualidade que faltava para ter uma vida mais feliz. A estrutura do empreendimento foi pensada para ser um ambiente bonito e aconchegante, com cardápio variado e forte resgate da cultura local. Na área interna, fotos antigas da cidade, aliado ao sabor mágico de pratos que passeiam pela gastronomia contemporânea, sem desprezar do sabor e tradição dos ingredientes frescos. Dentre os pratos mais pedidos destacamos filé ao molho de queijo, pastel de angu e para quem prefere algo mais tradicional o verdadeiro tutu a mineira. Não deixe de experimentar o pudim de leite, e o Queijo Canastra com mel, de entrada. Em alguns períodos do ano promove mostras gastronômicas diferenciadas

COZINHA ORIGINAL RESGATA O FOGÃO A LENHA

Nascida em Coronel Fabriciano, no Vale do Aço, a chef Joanne Ribas aposta na culinária de afeto, onde o desafio é agradar a todos sem interpretação ou conceito, para fortalecer a gastronomia típica da fazenda. A chef vem atuando na região desde 2014, com o objetivo de resgatar a tradicional comida mineira com uma pitada de sofisticação. Hoje, Joanne comanda o Cozinha Original, espaço com restaurante, mirante e área de camping na parte baixa do parque. O Buffet custa R$ 35,00 por pessoa, com grande variedade de saladas, pratos quentes, e duas sobremesas. Café e afeto é o que não faltam por lá. Depois de se esbaldar com tanto sabor, nada mais gostoso do que uma rede pra descansar e se recondicionar para novos passeios.

MATÉRIAS RELACIONADAS

Telhanorte dá dicas para decoração e organização de cozinhas e lavanderias

Agita ih

Comprovado cientificamente, método de emagrecimento promete eliminar até 15 kg em um mês

Agita ih

Hospital Evangélico de Sorocaba oferece atendimento especializado em Neurologia 24 horas

agita2019

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

%d blogueiros gostam disto: