Destaques Estilo de Vida Pais e Filhos

5 dicas para quem vai ser mamãe e para quem já tem filhos grandes

Oftalmologista dá CINCO dicas para quem vai ser mamãe e para quem já tem filhos grandes

Dias das Mães é mais uma oportunidade de aproximar a família. Mas para o médico oftalmologista Renato Neves, diretor-presidente do Eye Care Hospital de Olhos, é uma data importante para chamar atenção para os cuidados femininos com a visão. “É muito comum, desde que a mulher engravida até seus filhos alcançarem certa idade, que a mãe se preocupe com todos e deixe para se preocupar com ela mesma por último. Sendo assim, cabe aos filhos – pelo menos aqueles que já entendem – verificar se sua mãe e suas avós estão cuidando dos olhos como deveriam. Vale dizer que a visão é um sentido precioso que se deteriora ao longo dos anos. Ou seja, quanto mais cedo a mamãe se cuidar, por mais tempo ela poderá enxergar todas as conquistas de seus filhos”.

Neves dá CINCO dicas para várias fases da maternidade:

  1. Evite ressecamento dos olhos. “Olhos vermelhos, irritados ou ainda que lacrimejam sem parar podem estar sofrendo ressecamento. A síndrome do olho seco tem aumentado bastante, não só porque mais mulheres trabalham por longas horas diante do computador, mas porque muitas usam o celular e as redes sociais praticamente o dia inteiro. Sendo assim, é sempre bom ter um frasco de ‘lágrimas artificiais’ para lubrificar os olhos ao longo do dia. Vale lembrar, inclusive, que as mamães que usam lentes de contato jamais devem dormir com elas, já que durante o sono a produção de lágrimas cai a 30%. E se forem gestantes, então, talvez sintam-se melhor substituindo as lentes por óculos de grau – pelo menos até passar o aleitamento”.
  2. Reduza inchaços. “Mamães que sofrem com retenção de líquido geralmente acordam com olhos inchados. Além do aspecto estético, que às vezes incomoda, pode haver uma diminuição da visão periférica e certo desconforto visual. Sempre que isso acontecer, procure aplicar compressas frias ou ainda usar máscaras de gel (sempre armazenadas na geladeira). Já para a retenção de líquido, é importante aumentar a ingestão de água e reduzir o consumo de sódio e cafeína – pelo menos, temporariamente”.
  3. Diabéticas devem ter cuidado em dobro. “A gestação pode agravar a retinopatia diabética, doença que danifica pequenos vasos sanguíneos que alimentam a retina. Sendo assim, a visão poderá apresentar problemas relacionados a nitidez e foco. Daí a importância de contar com um acompanhamento médico especializado não só durante a gestação, mas durante a vida toda, já que o diabetes é uma doença crônica. Além de manter os níveis de açúcar dentro dos parâmetros desejados, o exame de fundo de olho é fundamental para detectar pontos e vasos sanguíneos propensos a romper e desencadear hemorragia. Vale dizer que, embora seja difícil recuperar a visão perdida, injeções intravítreas impedem a progressão da doença, evitando que a pessoa deixe de enxergar”.
  4. Glaucoma exige ajuste de medicamento. “A gravidez pode afetar a pressão intraocular. Às vezes, pode até ser necessário reduzir a dosagem de medicamento para glaucoma durante esse período – tanto melhor para o bebê. Mas quem tem glaucoma – doença que provoca lesões no nervo óptico, comprometendo a visão – nunca deve se descuidar dos exames periódicos com o oftalmologista que acompanha o caso e, sempre que necessário, fazer ajustes na medicação para preservar a visão existente. Hoje em dia, há colírios bastante eficientes, bem como cirurgia para frear o avanço da doença”.
  5. Não saia de casa sem óculos de sol. “Não interessa se o dia está nublado. Usar óculos escuros – de preferência com lentes que vão do castanho ao fumê – é fundamental para preservar a visão dos problemas causados pela radiação ultravioleta (UVA e UVB). Vale ressaltar que os danos causados pela luz solar são cumulativos. Sendo assim, as mães devem ensinar seus filhos desde pequenos a cuidar dos olhos também – e elas mesmas, nunca se descuidarem! O sol é responsável por quase uma dezena de doenças oculares. Portanto, mais vale investir em bons óculos de sol, com proteção total, do que se expor à toa à perda da visão”.

Fonte: Dr. Renato Augusto Neves, cirurgião-oftalmologista e diretor-presidente do Eye Care Hospital de Olhos (SP) – www.eyecare.com.br

MATÉRIAS RELACIONADAS

5 museus arqueológicos para visitar na Jordânia

agita2019

Feira de Adoção de filhotes acontece amanhã no Parque Campolim

agita2019

Mar e montanha no Centro de Portugal

agita2019

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

%d blogueiros gostam disto: