Cultura e Lazer Entretenimento

Sesc Sorocaba recebe a Itinerância do 24º Festival Internacional de Documentários: É tudo verdade 2019

Filmes trazem temáticas como direitos humanos, música e produção de cinema


O Sesc Sorocaba recebe de 11 a 28/5 o É tudo verdade – Festival Internacional de Documentários que, em parceria com o Sesc São Paulo, traz a itinerância do 24º Festival Internacional de Documentários. O circuito passa por cinco cidades paulistas. Confira as produções que estarão em destaque no Sesc Sorocaba:

O barato de Iacanga

Direção: Thiago Mattar, Brasil, 2019

No dia 11, sábado, às 19h, começa com ‘O barato de Iacanga’. Com raras imagens de arquivo, produtores e músicos refazem a história do Festival de Águas Claras, que levou milhares de pessoas a uma fazenda no interior de São Paulo. A classificação etária é 14 anos.

Carta a Theo

Direção: Elodie Lélu, Bélgica, 2018

Na sexta, dia 14, às 19h, é a vez de ‘Carta a Theo’ que trazuma homenagem ao cineasta grego Theo Angelopoulos (1935-2012), que morreu ao ser atropelado por uma moto enquanto trabalhava num filme sobre migração e a crise econômica. A classificação etária é 10 anos.

A liberdade é uma palavra grande

Direção: Guillermo Rocamora, Uruguai e Brasil, 2018

No domingo, dia 19, às 19h, o público é apresentado a uma história de liberdade e força. Depois de ter passado 13 anos na prisão americana de Guantánamo, um palestino de 38 anos vai ao Uruguai, em busca de uma nova vida. A classificação etária é 12 anos.

Marceline. Uma mulher. Um século

Direção: Cordelia Dvorak, França, Holanda, 2018

Na terça, dia 21, às 19h, o filme ‘Marceline. Uma mulher. Um século’ traz o encontro com a escritora e cineasta Marceline Loridan-Ivens (1928 – 2018), companheira do holandês Joris Ivens (1898 – 1989), com quem dividiu a vida e o trabalho.  A classificação etária é de 14 anos.

Maria Luiza

Direção: Marcelo Díaz, Brasil, 2019

Na sexta, dia 24, às 19h, o público será apresentado à história de Maria Luiza da Silva: a primeira militar reconhecida como transexual na história das Forças Armadas brasileiras. Após 22 anos de trabalho como militar, foi aposentada por invalidez. A classificação etária é de 12 anos.

Ziva Postec, a montadora por trás do filme “Shoah”

Direção: Catherine Hébert, Canadá, 2018

Finalizando a itinerância do 24º Festival Internacional de Documentários no Sesc Sorocaba, na terça, dia 28, às 19h, o público conhecerá um pouco mais sobre a história de vida de Ziva Postec que, nascida em Israel em 1940, foi responsável por montar o documentário Shoah. Entre 1979 e 1985, a montadora israelense trabalhou com o documentarista francês Claude Lanzmann (1925-2018) no projeto que resultou no clássico. A classificação etária é de 10 anos.

Todos os filmes serão exibidos no Teatro da Unidade e demandam retirada de ingressos com 1h de antecedência na Central de Atendimento.

SERVIÇO:

24º Festival Internacional de Documentários: É tudo verdade 2019

De 11 a 28/5, terças, sábados e domingos.

Teatro. 270 lugares. Grátis.

Retirada de ingressos com 1h de antecedência na Central de Atendimento.

Sesc Sorocaba

Rua Barão de Piratininga, 555, Jardim Faculdade.

Telefone: (15) 3332-9933.

sescsp.org.br/sorocaba

Fonte: SESC

MATÉRIAS RELACIONADAS

“Confeitaria Um Doce de Mãe” é atração do Shopping Cidade Sorocaba

agita2019

Exposição ‘Tecnossauros’ será exibida em museu de Sorocaba

agita2019

Moçambique Estrela Guia (MG) se apresenta no Sesc Sorocaba

agita2019

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

%d blogueiros gostam disto: