Entretenimento Literatura

Mais do que um livro, uma causa

Livro infantil ajuda a lidar com a dor e a morte de forma lúdica

A obra Janela de Isabela, de André Castilho, apresenta a Medicina da Imaginação como aliada no tratamento de câncer infantil

Uma das maiores dores para um ser humano é a perda. Quando se trata de uma criança, esse sentimento pode ser indescritível. Muitas vezes, no entanto, é na força dos próprios pequeninos que se encontra consolo. O estímulo à imaginação como aliado nesse difícil processo é o tema da belíssima obra Janela de Isabela, do escritor André Castilho, publicada pela Editora Alma. Voltado ao público infantojuvenil, o livro é uma lição de vida para qualquer idade. Ele será lançado em 23 de novembro, no deck central da maior livraria do país, a Livraria Cultura do Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, às 16 horas.

Na obra, a menina Isabela tem apenas dez anos e está recém-hospedada em um quarto cujo único atrativo é uma janela com uma paisagem que parece não ter nada de extraordinária. Em poucas páginas, o leitor descobre que, na realidade, trata-se de um hospital, onde ela passa por um tratamento de câncer em estágio avançado.

Quem faz Isabela perceber que há muito mais por trás do que se vê inicialmente pela janela é a avó Clotilde, que a ensina a usar a imaginação como forma de enfrentar a dor. André Castilho vale-se de forma maestral do fluxo de consciência para que o leitor acompanhe os pensamentos da menina: ao olhar para fora, ela não vê mais apenas uma paisagem sem graça. Vê postes e coqueiros que jogam basquete, cachorros que falam e escrevem poesias com o odor de seus xixis, uma árvore de 312 anos apaixonada pelo vento. Mais do que isso: de repente, ela pode deixar de ser uma menina doente para virar uma águia ou uma formiga com o simples poder da imaginação. Tudo isso embalado por uma voz narrativa sensível e divertida, que por vezes dialoga com os personagens na mente de Isabela.

“Curiosa, ela foi até a janela e viu um menino fazendo bolinhas de sabão, do outro lado da rua, lá embaixo. Mas em vez de soprar, ele enchia as bolinhas com assovios. Elas subiam muitos metros, até a altura dos olhos de Isabela e então estouravam, soltando o som das notas musicais que o menino tinha colocado dentro.” (Janela de Isabela, pág. 70)

A avó Clotilde, outro personagem forte da obra, é inspirada na avó do autor, com o mesmo nome e o mesmo dom para contar histórias. O pai de Isabela também é figura importante de ensinamento e aprendizado. Acima de tudo, personagens e leitores aprenderão com a força da própria menina. 

André Castilho, publicitário e roteirista premiado, buscou com o livro oferecer às crianças, adolescentes e adultos uma perspectiva lúdica e positiva sobre a morte ao apontar a imaginação como elemento de transmutação do sofrimento. “Pouco se fala a respeito, especialmente quando se trata da morte infantil, mas esta é uma realidade”, explica. “Dentro de cada hospital, existe pelo menos uma criança – e uma família – passando por isso, e são escassas as obras literárias disponíveis que as ajudem a compreender o momento delicado que estão vivendo”.

O projeto foi desenvolvido em parceria com o ilustrador Fabiano de Queiroz Tatu, diretor de criação em Los Angeles, que trabalhou na série de animação voltada a crianças com câncer “Imaginary Friend Society”. Juntos, André e Tatu transformaram esse livro em uma verdadeira obra de arte. A publicação é a estreia da Editora Alma, de propriedade do próprio autor, que será totalmente dedicada a “histórias que importam”.

Mais que um livro, uma causa

O autor de Janela de Isabela estabeleceu uma parceria com o Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer (GRAACC). Esse é um hospital referência na América Latina que cuida anualmente de mais de 5 mil crianças e jovens com câncer de todas as classes sociais, sem nenhum custo. André vai ceder gratuitamente a versão digital do livro e convidar os leitores a doarem qualquer quantia para o GRAACC, caso se sintam tocados pela história. 

Para o coordenador de captação de recursos da instituição, Sergio Degang, a iniciativa é uma grande honra. “Quando o autor nos coloca como beneficiários, ele não está apenas nos dando recursos, está cedendo toda sua confiança e credibilidade e, de alguma maneira, estamos salvando vidas”, declara. O download gratuito da obra estará disponível no site www.janeladeisabela.com.br um dia antes do lançamento, mas, desde já, o leitor interessado pode se inscrever para ser notificado na data.

Janela de Isabela é uma obra para salvar e transformar vidas, para falar com os pequeninos e também com os adultos sobre a morte, para ajudar famílias e profissionais a enfrentarem situações de dor extrema. “Ela ensina a usar a Medicina da Imaginação no resgate à capacidade de sonhar, para que possamos curar nossas dores, medos e limitações que nos fazem sofrer”, enfatiza o autor. Você não pode deixar de ler e apoiar.

Sobre o evento:
Lançamento: Janela de Isabela
Local: 
Livraria Cultura
Av. Paulista, 2.073 – Bela Vista – 01311-940 – São Paulo – SP
Dia: 23 de novembro
Horário: 16 horas
Link do evento: http://bit.ly/janeladeisabelacultura

Ficha técnica:
Título: Janela de Isabela
Autor: André Castilho
Ilustrador: Fabiano de Queiroz Tatu
ISBN: 658045704X
Editora: Alma
Páginas: 76
Formato: 14×21 cm
Preço: R$ 33,29
Link para venda: http://bit.ly/janeladeisabela

Sinopse: Isabela, uma menina de 10 anos de idade, está recém-hospedada em um quarto cujo único atrativo é uma janela que dá para uma paisagem em que nada de extraordinário acontece. Na realidade, trata-se de um apartamento de hospital, onde Isabela está passando pelo tratamento de um câncer em estágio avançado. Sua avó, Dona Clotilde, lhe ajuda a vencer o tédio e superar a dor, ensinando-a a observar através da janela com os olhos da imaginação, o que lhe dá acesso a um universo lúdico onde tudo é possível. As experiências vividas – ou imaginadas – por Isabela lhe proporcionam aprendizados profundos e compreensão para enfrentar a vida – e a morte.

Sobre o autor: Escritor, cineasta, publicitário e cofundador da produtora de filmes La Casa de la Madre, André Castilho formou-se em publicidade e propaganda pela Cásper Líbero e atuou por 12 anos como criativo em agências como Y&R, W/ Mccann, AgênciaClick, Euro RSCG e Havas, tendo sido premiado em festivais internacionais como Cannes Lions, Clio Awards, El Ojo e FIAP. Em 2012, ao lado de Jorge Brivilati, fundou a produtora de filmes La Casa de la Madre, a primeira do Brasil especializada em storytelling para marcas. Em 2015, seu filme “Meeting Murilo” foi destaque na imprensa internacional, recebendo atenção de veículos como CBS, People, Time Magazine e Huffington Post, além de ter sido premiado em Cannes com 3 leões e 4 shortlists, incluindo a categoria branded content.

Em 2016, escreveu o filme “Reencontro”, premiado com ouro na categoria “Shorts” do festival Ciclope. Em 2017, o filme foi selecionado para um dos mais respeitados festivais de cinema do mundo, o LA Shorts, sendo este o único dos finalistas concebido para uma marca. No mesmo ano, teve o filme “Movido a Respeito” produzido para a TV Globo, consagrado com o Grand Clio Entertainment, sendo a primeira obra da América Latina a conquistar tal premiação. Como documentarista, conquistou o “Impact Docs Awards” com o minidoc “Huni Kuin – Os Últimos Guardiões”. Em 2019, lançou o projeto “Empreendedor Criativo”, canal digital onde dedica-se a ensinar criatividade para empreendedores. No mesmo ano, deu início às operações da ALMA, empresa voltada à criação de histórias de impacto, cujo selo editorial – ALMA Books – abriga o livro “Janela de Isabela”, primeira obra literária lançada pelo autor.

Para mais informações sobre o autor, acesse: http://bit.ly/wiki-andrecastilho

Site:
www.janeladeisabela.com.br
Redes sociais:
www.instagram.com/janeladeisabela

MATÉRIAS RELACIONADAS

Museu de Zoologia do zoo estará aberto ao público nesta semana

agita2019

Será neste sábado a 5ª edição da Festa Medieval do Kingsford

agita2019

Dica de leitura – Paraboloide Elíptico

Agita ih

1 comentário

A felicidade está nas prateleiras... de livros! - Portal Agita Ih! 16 de outubro de 2019 at 10:55

[…] Mais do que um livro, uma causa […]

Reponder

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

%d blogueiros gostam disto: