Entretenimento Literatura

A George R. R. Martin brasileira: você já conhece?

Quem é a jovem autora conhecida como George R. R. Martin brasileira pelos leitores?

É a jovem paulistana e best-seller Ana Beatriz Brandão, conhecida pelos fãs por assassinar os personagens sem piedade. Ela retorna com mais crueldade em Entre a Luz e a Escuridão, que será lançado nesta Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, pela Verus, do Grupo Editorial Record

Qual personagem de Entre a Luz e a Escuridão morrerá? Essa é uma das maiores dúvidas dos milhares de leitores de Ana Beatriz Brandão. E todos, sem exceção, estão ansiosos para saber o que realmente aconteceu na Área 4. Calma, falta pouco para os anjinhos e anjinhas – como ela mesmo gosta de se referir ao seu fandom – matarem todas as curiosidades. A continuação de Sob a Luz da Escuridão, publicada pela Verus, do Grupo Editorial Record, será lançado com exclusividade no dia 7 de setembro, às 16 horas, na Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro. 

Os personagens se dividem entre humanos, vampiros e metacromos (pessoas com poderes especiais). A autora, de apenas 19 anos e cinco Bienais no currículo, conecta o superpoder do personagem com a personalidade atribuindo a cada um deles um papel especial na complexa trama que tem como plano de fundo um mundo destruído pela ganância de um ditador. Para criar um cenário de guerra política, Ana se inspirou em um contexto político que imaginou antes das eleições norte-americanas. A história foi toda conduzida nos efeitos em ter Donald Trump sob o comando da maior potência mundial.

best-seller de O Garoto do Cachecol Vermelho – que está em fase de pré-produção para virar filme – revela a real justificativa para não se prender a apenas um gênero literário. “Eu não sei dizer não aos meus personagens. Se eles querem me contar uma história de amor, eu escrevo. Se é terror, eu escrevo. Se é fantasia com vacas voadoras, eu escrevo. Eles mandam em mim, já aceitei isso”, brinca no perfil do Instagram (@anabiabrandao), onde tem mais de 22,5 mil seguidores. Segundo a jovem escritora, o protagonista de Entre a Luz e a Escuridão, o vampiro Evan “quis” que escrevesse um romance distópico em um mundo pós-apocalíptico.

A intenção de Ana é sempre causar frisson na audiência para deixar os leitores com vontade de ler até o final e pedir um próximo título. “A cada lançamento maluco que eu faço, de histórias que vocês não esperam, eu admiro e agradeço ainda mais pelos leitores que eu tenho”, admite. E uma das certezas que os leitores podem ter desta continuação é de que sim, haverá muita morte. Resta saber quem. Dia 7 o mistério acaba? Ou será que começa?

SERVIÇO:

XIX Bienal Internacional do Rio – 2019
Lançamento:
 Entre a Luz e a Escuridão
Autora: Ana Beatriz Brandão
Data: 7 de setembro, às 16 horas 
Estande: Verus (Grupo Editorial Record)
Localização: Pavilhão Azul | G100 e H70
Sitewww.bienaldolivro.com.br


Ficha Técnica:
Editora: Verus
Gênero: Fantasia
Idioma: Português
ISBN10: 850130316X
ISBN13: 978-8501303165
Tamanho: 16×23
Preço: R$ 34,90

Sinopse: O aguardado segundo volume da série Sob a Luz da Escuridão, da autora do best-seller “O Garoto do Cachecol Vermelho”. Lollipop assume a liderança da Área 4 e comanda tudo com mãos de ferro. Depois que novas áreas são conquistadas, o clã está mais poderoso do que nunca. Com a ajuda de um novo aliado, Sam, Lolli e Jazz se preparam para interceptar um dos maiores contêineres enviados pelo Instituto. E quando tudo sai do controle, um grupo de guerrilheiros precisa partir em uma missão suicida que os levará ao encontro do maior inimigo dos metacromos. Destemida, rebelde, divertida e incansável… Uma garota repassa essas palavras em sua mente como um mantra que a mantém equilibrada e a torna forte para obedecer às ordens que recebe de uma voz desconhecida. Programada para trabalhar arrecadando dinheiro para o Instituto LTG, ela é capaz de tudo para se manter viva. Até mesmo matar.

Sobre a autora: Com cinco anos já era uma ávida leitora, aos treze iniciava uma jornada cercada de magia junto aos seus personagens e atualmente, com 19 anos, já publicou cinco livros e embarca na forte emoção de acompanhar o filme baseado em seus dois best-sellers, “O Garoto do Cachecol Vermelho” e “A Garota das Sapatilhas Brancas”. Targaryen, potterhead, narniana, semideusa e tributo, Ana Beatriz Brandão vive intensas aventuras todos os dias e celebra suas publicações, desde a mais recente obra “Sob a Luz da Escuridão”, até aquela que pela primeira vez cativou o público, “Sombra de um Anjo”. Não esquece as emoções vivenciadas em “Caçadores de Almas” que também tem um valor inestimável à jovem escritora. Seu maior sonho é poder continuar contando suas histórias para todos aqueles que, assim como ela, acreditam que os livros são a melhor forma de tocar o coração das pessoas e mudar suas vidas.

Redes Sociais:
Facebook
http://www.fb.com/escritoraanabeatrizbrandao
Instagramhttp://www.instagram.com/anabiabrandao
Sitehttps://anabeatrizbrandao.com.br/

Fonte: LC

MATÉRIAS RELACIONADAS

Diversa produção contemporânea do cinema nacional é destaque no projeto CineCafé do Sesc Sorocaba

agita2019

População pode conferir a peça ‘O Circo Ordep’ na Biblioteca Infantil

agita2019

Sesc Sorocaba apresenta espetáculo circense ‘Prometeu’

agita2019

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

%d blogueiros gostam disto: